segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Fome

No deserto, Deus colocou o seu povo à prova para conhecer o coração deles. Ele queria saber se o povo seguia-o de coração ou não.
         Depois Deus mandou algo que nem os antepassados conheciam que era o Maná, para o povo entender que nem só de Pão o homem viverá, mas daquilo que vem de Deus. Ele queria mostrar que o pão é importante, mas é passageiro.
Joni Earickson fala em sua meditação algo interessante: “Deus tem bons motivos para nos dar tão grande apetite. Ele colocou em nós desejos e sonhos para nos testar e nos tornar humildes, para ver o que há em nosso coração, para ver se vamos segui-lo ou não. Ele nos provoca a fome para podermos aprender a nos alimentas com o pão do céu, para vivermos de casa palavra que vem da boca do Senhor.”
Isso abriu a minha mente mais um pouco. Eu olho para minha casa, minha despensa, meu jardim, meu guarda-roupa, meu carro e fico pensando nas coisas que tenho vontade de fazer. Até mesmo em outras áreas ministeriais, emocionais e tenho desejos, sonhos, mas pra mim melhor é ter fome de Deus.
E agora, depois da leitura da Palavra, posso dizer que a minha fome de Deus é maior.
Você tem fome de que?
Leia Deuteronômio 8.2,3 J

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Eu sou indesistível

Tantas lutas vivenciamos, muitas coisas para agradecer, mas é triste olhar pra trás e ver batalhas perdidas, coisas que não se resolvem e clamores que achamos não serem ouvidos.
Toda vez que eu penso nisso, quanto tempo estou clamando a Deus e parece que não me ouve, a resposta vem diferente. Da última vez, foi a canção que ouvi do pessoal que estava no salão de festa, como falei anteriormente. Dessa vez foi ouvindo um CD esquecido na caixa.
Fiz um propósito de colocar cds que louvam a Deus, para que fique grata com tudo o que Ele faz por mim enquanto arrumo a casa, mas esse acalmou meu coração.
Uma música que se chama “Calma” da Ludmila Ferber, tem uma parte que fala:
“Calma! Não se desespere a tua alma. Você chegou até aqui.
Calma! Não te deixarei desistir”
Depois vem outra que diz:
Quando a fúria dos ventos vem contra nós,
e a vontade é sumir e calar a voz...
É nessa hora que a gente precisa lutar e jamais desistir.”
E na próxima diz: “Em tempos de guerra, não baixe a guarda”
Às vezes é tão dura a luta que baixamos a guarda. Deixamos nos levar pelo desanimo, achando que merecíamos algo melhor. E assim vai caindo o nosso semblante, e muitos não sabem o porquê.
Na verdade, quase todos não sabem o que passa na nossa alma, mas o Deus que deu o seu único Filho para morrer em nosso lugar e assim tivéssemos vida, e vida em abundância, não desiste de nós. Já parou para pensar nisso? Não importa aonde estamos, o que acontece, Deus está a nosso lado. Ele não muda por nossa causa.
E nós devemos nos fortalecer é nesse amor. Não importa o que acontece com a nossa vida, se a resposta é o que nós queremos... A presença de Deus em nosso coração faz toda a diferença. É assim que podemos dizer a todos que temos paz, mesmo que a figueira não floresça, ou não tenha fruto na árvore.
Tribulações sim, temos, e às vezes um monte. Mas não devemos olhar para ela, mas para o Deus que está acima de tudo isso.
Não desista, Deus não desistiu de você.
Seja indesistível.

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Tem respostas que só Deus nos dá


         Hoje recebi uma. Muitas lutas tem afligido meu ser, e às vezes nos perguntamos se Deus nos ouve. Hoje tive a prova mais viva que sim.
Estava indo até o portão deixar meu pai para ir na casa dos amigos da igreja, e tinha festa no salão do nosso condomínio. E tanto tempo que coloco diante de Deus algumas petições, que chego a pensar: “Até quando, Senhor?” E nessa festa, não sei qual vizinho, qual o motivo da festa, nem de qual igreja ele é. Mas começaram a cantar uma música que eu entendi: Deus ouve a nossa oração, mas é na hora Dele.
Você está disposto a dizer sim?
O que os olhos nunca viram,
E o coração nunca sentiu
Deus preparou, em seu favor,
Para te abençoar
Abra o seu coração e deixe que a luz
Venha brilhar em teu viver, eternamente

Então comece a glorificar,
Pelo que ainda não viu
Se Deus prometeu, vai se cumprir,
Sua benção vai chegar

Deus tem sempre o melhor, mesmo que a luz
Não brilhe em seus olhos
Vê, Deus ama você, já decretou a sua vitória


terça-feira, 4 de outubro de 2011

QUANDO TUDO MUDA.

Nem sempre vamos para o caminho que esperamos. De repente tudo muda na nossa vida. Seja um namoro, casamento, emprego, morte de alguém querido, etc.
Pensamos que sabemos para onde vamos, qual o nosso caminho e até brigamos quando alguém nos fala: isso é o que você pensa.
Na verdade é isso mesmo. Não sabemos o que acontecerá com a nossa vida. Para uns, isso leva ao pânico, para outros é uma aventura, mas no fundo todos ficamos com isso na cabeça: o que será de mim amanhã? Como será o ano que vem?
Isso que é a graça da vida, não saber como será o amanhã. Mas uma coisa posso te dar de certeza: Aquele que se entrega diretamente e totalmente a Deus tem a sua vida em boas mãos. Nada sai do controle, porque Ele é Deus. Não é mais poderoso que, nem menos, Ele é o TODOPODEROSO. Isso já deixa de ter pânico para se ter certeza que a minha vida está nas mãos certas.
Quem disse que a vida é curta, e por isso precisa ser vivida intensamente, não conhece ao Deus que eu sirvo. Pois Ele é a VIDA, e por isso vivemos intensamente.
Se tudo mudasse agora, como estaria seu coração? Você está preparado para uma virada geral na sua vida?
Se essa virada vir de Deus, pode seguir tranquilo que tudo está certinho com Ele.
Mas se a vida te pegar de surpresa, ainda tem a quem recorrer: Jesus. Ele é o porto seguro que procuramos.
O vazio, medo e solidão que você sente, é a falta de ter a sua vida nas mãos de Deus.
Eu já me entreguei a Ele totalmente, e você?
“Entrega o teu caminho ao Senhor, confia Nele e o mais, Ele fará.” Salmo 37.5

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Volte a chorar

Título estranho, né? Mas esse domingo percebi que voltei a chorar.
Por muito tempo na minha vida, aprendi que temos que segurar as lágrimas, para que não haja escândalos, para que os outros não vejam seu sofrimento, para que não haja fofoca, olhar de "coitadinha dela"... Isso eu nunca quis, e por muito tempo, por mais que me acabasse por dentro, o sorriso vinha no rosto.
Na verdade até dei aula para algumas pessoas de como chorar e não marcar o rosto, ficar inchada, etc...
E todos me acham muito forte, firme, determinada, brava e, muitas vezes, insensível...
Alguns, que me conhecem mais a fundo - que sei que são poucos até por minha causa mesmo - já não pensam assim. Também não preciso listar aqui o que já fiz, quem perdoei, quem ajudei. O texto não é pra isso.
Estou aqui pra dizer que voltei a chorar.
Choro quando vejo uma amiga que tenta há tempos engravidar, e mesmo com idade avançada não deixa de pedir a Deus por um milagre. Oramos juntas e choramos. Choro quando vejo minhas companheiras de oração clamando para que Deus salve seus maridos, seus filhos. Choro quando a mãe chora a perda do seu filho. Choro do meu banco quando o pregador perguntar: "Quem quer esse Jesus?" e eu vejo mãos se levantando. Choro quando sei que Deus está pedindo para confiar Nele, choro quando uma música me emociona, choro quando vejo tudo aquilo que Deus me deu. Choro em pensar naquilo que ainda Ele irá fazer...
E quer saber? Tem me feito muito bem.
O dia a dia tem deixado as pessoas frias, e eu não quero ser mais uma na multidão. Quero ser diferente.
Eu voltei a chorar e estou feliz por isso.
E você? Está mostrando que sempre pode ser forte?
Eu te desafio a voltar a chorar.

"Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte" II Corintios 12.10

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Está disposto a ouvir a resposta?

     Sempre que alguém me pergunta algo difícil de responder, eu já falo: Quer ouvir a resposta ou está perguntando pela retórica?
     Agora me vejo nessa situação. Tenho colocado algo diante de Deus desde o começo do ano. Na verdade 03 coisas. Uma, que não tem nada  a ver comigo, era um pedido de uma amiga, Deus já respondeu. Mas o que eu tenho buscado pra mim e crido que Ele responde, nada...
Agora me pergunto: Nada mesmo?
     Em toda EBF eu contava a história da Amy Carmichael. E a primeira lição qual era? Deus responde TODAS as nossa orações, seja sim, não ou espere.
     Estava crente que Deus estava me respondendo: "espere, Vanessa. sua bênção vai chegar." Pensando que minha bênção é aquilo que eu pedi. Hoje me deparei com algo que mexeu fundo no meu coração... e se a resposta for não?
     Imagino que você está pensando, por que Deus diria não ao meu pedido? Lembrando da história, Amy queria ter olhos verdes, mas Deus não deu pra ela. Pra você pode ser um pedido "nada a ver", mas pra ela fazia muita diferença e ela cria que teria. Tanto que acorda e corre para o espelho para ver a cor de seus olhos e ainda são castanhos. Pra quem não conhece a história, quando ela está na Índia, como missionária, ela se veste igual a uma indiana, passa café no corpo para ficar morena e alguém diz pra ela: "Ainda bem que seus olhos são castanhos, né? Assim você fica bem parecida com elas." Ou seja... se ela tivesse olho verde, ia ser difícil de esconder, né? Com uma lente, talvez, mas tudo muito mais dificultoso, ainda mais na época que ela trabalhou lá (1867-1951). Mas ela sentiu o porquê do NÃO de Deus.
     Hoje, vou buscar a Deus diferente. Quero ouvir aquilo que Ele tem pra me dizer. Quero saber realmente qual a resposta. E estou com uma leve impressão que já sei, afinal, se não soubesse, por que escreveria tudo isso?
     Como diz nossa irmã Eyshila:
    
"Deus está me preparando para um novo tempo.
Deus está me ensinando a viver pra Ele, cada momento.
      E a tribulação só produz em mim paciência.
E a solidão nunca vai me roubar a certeza da sua presença..."

E você, está disposto a ouvir a resposta de Deus,
ou está perguntando apenas pela retórica?


quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Quão grande é o seu Deus?

Assistindo a um vídeo do youtube, “Jaqueline adorando” da PIB de Curitiba, me emocionei e repensei quão grande é o meu Deus.
O pastor convida uma cadeirante cantar. Foi em uma reunião de tarde dos cadeirantes, não sei se é lotado ou vão poucas pessoas, mas ele pede para ela cantar novamente no culto – com certeza cheio. Ele fala que ela já disse que não é uma cantora e simadoradora.
Eu imaginei que aquela moça ia pegar o microfone e arrasar, deixando o grupo de louvor babando...
Quando ela começa a cantar, ela deve ter algum distúrbio, ou pode ter sofrido um acidente, ou não sei, mas ela não consegue nem pegar o microfone, uma mulher a auxilia, em tudo.
Não tem como nossa mente não pensar – pra que deixar ela passar por esse constrangimento?
Mas aí, a música começa e ela junto. A música escolhida? Quão grande é o meu Deus!
E ela canta, ou melhor, adora a música inteira, e quando entra na parte que “..erguendo a sua voz, erguendo a sua voz...” não tem como não se emocionar. Ela entra com tudo no coro: “Quão grande é o meu Deus. Cantarei quão grande é o meu Deus. E todos hão de ver, quão grande é o meu Deus”
O Deus da Jaq é grande, e todos puderam ver quão grande é o Deus dela. E eu entendi melhor a parte que Jesus fala:
Mas a hora vem, e agora é, em que
os verdadeiros adoradores adorarão o Pai
em espírito e em verdade;
porque o Pai procura a tais que assim o adorem.
João 4.23
Se Deus permitisse que você estivesse no lugar dela, quão grande Ele seria pra você?
Hoje com certeza cantarei diferente no culto...



quinta-feira, 14 de julho de 2011

Como você sabe...

      "Jabez orou ao Deus de Israel: "Ah, abençoa-me e aumenta as minhas terras! Que a tua mão esteja comigo, guardando-me de males e livrando-me de dores". E Deus atendeu ao seu pedido." I Cro 4.10
     Como foi uma oração fácil de ser respondida. Simplesmente de novo. A pessoa ora, e Deus atende. Amém. Como seria fácil a nossa vida, a nossa fé, a nossa caminhada. A gente ora, Deus responde.
     Na verdade não recebemos porque pedimos mal. Isso a Palavra nos fala. Para gastarmos em nossos prazeres, como diz Tiago 4.3.  Jabez era honrado e invocou ao Senhor, clamou, orou e Deus ouviu.
     Alguns filmes, de uma forma incrível, mexem com a gente. Assistindo ao filme "Como você sabe..." de um moço totalmente honesto, que sempre tem a palavra boa para a pessoa, mesmo sua vida indo por água abaixo, falou algo que mexeu comigo.
"Estamos todos apenas a um pequeno ajuste de
distância para fazer funcionar as nossas vidas."
     E parei para me perguntar: Qual seria esse meu ajuste? Esse pequeno ajuste que tenho que fazer na minha vida para pedir e receber, como a Palavra nos mostra?
     Lógico que temos Deus, Ele quem nos fala, etc. Mas estou falando pra você, que já se entregou pra Deus e vive se questionando aonde tem errado... Que não se sente completo e parece que precisa se manter forte o tempo todo, mas falta algo. E ainda se martiriza pensando: Se Deus vive em mim, então e tinha que me sentir completo. Se não me sinto, será que Deus não vive em mim?
     Pode ser que sim, mas pode estar apenas faltando esse pequeno ajuste para fazer funcionar.
     Sim, estou pensativa. Já despejei um monte de coisa, e também aprendi no filme que, sabe aquilo que a gente fala e já se arrepende do que falou? Então, para resolver isso, precisa apenas ficar quieto e não falar nada. Simples assim. Quem sabe nos ouvimos mais?
     E nessa simplicidade, podemos chegar diante de Deus e falar: "Deus, abençoa-me e aumenta as minhas terras! Que a tua mão esteja comigo, guardando-me de males e livrando-me de dores". E assim Ele vai nos atender.
     E pra finalizar essa sabedoria que passa no filme:
"Descubra o que quer e aprenda como pedir por isso".
     Depois disso, posso dormir tranquila, porque estou no caminho certo..

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Chegou Salvação

Esse fim de semana eu vi o que Deus pode fazer. Uma pessoa me falou a menos de uma ano atrás: Vai ser impossível disso acontecer...

O homem diz: É impossível. Deus diz: Sério? Vamos ver... E quando Ele age... ninguém segura.

Essa música já diz tudo...

Chegou Salvação - Som de Davi

Tu és Deus sobre toda terra
Tu és Deus sobre o meu viver
Não temerei se problemas enfrentar
Seguro estarei!

Ouça o som desta geração
A cantar a libertação
Para o mundo teu Nome conhecer
Seguro estarei!

Pois eu sei que Deus me salvou,
Sua palavra nunca falhou
Um caminho já se abriu pra mim (seguro estarei)
Chegou salvação


Chegou salvação, chegou salvação
Ele está aqui
Chegou salvação
Liberto estou, pois morreu por mim
Chegou salvação, chegou salvação
Ele vive em mim
Chegou salvação
Pois vivo está, Ele vive em mim


E pra você? Chegou salvação?

terça-feira, 14 de junho de 2011

O que você quer que eu lhe faça?

Engraçado essa pergunta que me fizeram no momento mais crítico da crise: “Vanessa, se Jesus falasse pra você agora: ‘O que queres que eu te faça?’ Você responderia o que?”
Acredite ou não, mas eu não sabia responder.  Aí eu entrei em crise mesmo: Se nem eu sei o que eu quero, por que estou pedindo pra Deus agir? Agir aonde? Em que parte da minha vida? O que eu preciso mudar, ou o que precisa mover para que eu tenha paz?
Como somos complicados. O mendigo gritou para todo mundo ouvir: “Jesus, filho de Davi, tem misericórdia de mim”. Gritou com todos os pulmões do mundo. E quando trouxeram para perto de Jesus, Jesus perguntou: “O que você quer que eu lhe faça?” Imagina a vergonha sele falasse: “Não sei”.
Muitas vezes fazemos isso, clamamos a Deus por misericórdia, clamamos, gritamos, choramos, rasgamos nossas vestes e, quando Jesus nos pergunta o que queremos, paramos para pensar e dizemos: “não sei.”
Mas não foi assim com aquele mendigo. Ele disse: “Senhor, eu quero ver”. Sem vacilar, sem gaguejar, sem pensar em mais nada. EU QUERO VER. E Jesus simplesmente lhe disse: “Recupere a visão” e ele voltou a ver.
Tem uma frase bastante conhecida que diz: “Quando não se sabe aonde quer chegar, qualquer lugar serve.” E às vezes estamos em qualquer lugar porque não sabemos aonde queremos ir. Isso me abriu a mente e eu disse pra Deus “Eu quero voltar a ver” e “simplesmente” (olha a palavra de novo) voltei a ver a Glória de Deus. Eu fui específica. É isso que eu quero, e Deus me respondeu.
E você, O que você quer que Jesus lhe faça?


quarta-feira, 8 de junho de 2011

Procure o seu Príncipe

Semana dos namorados, mês dos namorados, seja lá qual for o nome, junho é o mês que tiramos para comemorar junto com o nosso amor. E nisso sai muitas polêmicas sobre comércio, outros aproveitam a ocasião para pedidos de casamento, e na verdade, como se fosse uma data “mágica”. Feliz pra quem tem o amor da sua vida e polêmica e frustração muitas vezes para quem não tem. Mas todos param pra pensar no momento.
Na minha infância, sonhava-se com o príncipe em um cavalo branco, vindo resgatar a princesa e “viviam felizes para sempre”... Eu fico vendo as meninas de hoje em dia e isso mudou um pouco. Agora elas querem o rapaz mal que encontra a moça boa e muda de vida. E isso, passando para a vida real, o que vejo são meninas se envolvendo com bandidos, ímpios e quanto mais malvados melhor. Parece que o príncipe saiu de moda. Aquele que vem e livra a mocinha do mal. Vendo a maioria dos filmes, é a moça quem corre atrás do rapaz o tempo todo, querendo mostrar que ele está errado, que tem que mudar, etc...Como diria meu pastor: “está tudo errado”. Uma verdade para você colocar no coração: Quem muda as pessoas é Deus,  e ninguém mais.
Na Palavra fala que a mulher deve ser submissa ao seu marido e ao marido: “ame a sua esposa como Cristo amou a igreja, dando a sua vida por ela”. Está em Efésios 5.25. Pode ler. Mas não se esqueça que o casamento começa com quem você escolhe para namorar...
E como achar então a pessoa certa?
Primeiramente dedique a sua vida para Deus. “Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas.” Mateus 6.33. Nunca se esqueça que Deus é o mais interessado que você seja feliz.  
Procure pessoas que são de Deus. Minha mãe tem uma “tese”. Sempre que ela queria testar o rapaz, ela mandava ele orar antes das refeições. Meu cunhado e meu marido passaram por essa prova. É um jeito engraçado e não posso dizer que é infalível, mas não procure encrenca para você. Procure pessoas que se dedicam a Deus de coração, que crescem a cada dia com Deus e como se comportam com as outras pessoas, na igreja, na família, no emprego...Não se esqueça que "pelo fruto conhecereis."
Mulheres: procurem um príncipe, que a trate como uma princesa. E não um cavalo que viva dando coices. Deixe essa idéia de querer ter o cara mal. Isso não provém de Deus. Seja uma princesa, que espera por seu amor. Não se desespere. Espere o homem que diga: "Muitas mulheres são exemplares, mas você a todas supera". Pv 31.29
Homens: Procurem a menina dos olhos de Deus para casar, a esposa prudente. Lembre do que diz em Pv 31.30: “A beleza é enganosa, e a formosura é passageira; mas a mulher que teme ao Senhor será elogiada”
Deus nunca erra. Você não tem um escolhido desde a fundação do mundo. Mas pode entregar para Deus a sua área sentimental também. E deixar que Ele a conduza. Nisso com certeza você não sofrerá erros.
Príncipes e princesas ainda existem, afinal, somos filhos do Rei, não somos?

E viveram felizes para sempre...

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Enchendo os celeiros

Difícil pensar em fartura quando estamos com fome. Difícil também saber poupar quando estamos com abundância.
Foi isso que José falou para faraó em Gênesis cap.41. Nos 07 anos de fartura, tinham que guardar porque depois viriam 07 anos de fome e não é qualquer fome. Fome de verdade. E o Faraó ouviu o que Deus tinha revelado e o Egito foi a nação que dominou naquele tempo e sabemos da história toda.
Quando estamos em uma luta, em dias de tristeza, esperando Deus mandar a bênção, só pensamos que Ele esqueceu, por que estamos passando isso, etc. Mas não paramos pra lembrar das promessas de Deus para a nossa vida. Sabe por quê? Não enchemos nossos celeiros em dias de abundância. Quando está tudo bem, parece que não lembramos em descansar em Deus e ouvir sua voz.
Ler a Palavra, cantar seus louvores, decorar aquilo que está escrito, estudar para entendermos cada vez mais. Isso vai fazer a diferença, porque temos dias que não conseguimos “nem abrir a Bíblia pra ler”. E queremos que Deus fale aos nossos corações de uma forma sobrenatural. Quer mais sobrenatural que você estar precisando de uma palavra e Deus lembrar aquele versículo certinho na sua mente? Por isso é importante sempre termos a Palavra gravada na mente e coração.
Temos dias bons e maus. Não estamos livres deles. A questão é como é que vamos nos comportar diante do dia mal.
Encha hoje o seu celeiro das coisas de Deus, para que no ano da amargura, todos vejam quem é o Deus que você serve.

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Vem e vê !

Não tem coisa pior que a gente falar que é de algum lugar e a pessoa torcer o nariz. Eu sofro muito “preconceito” pelo jeito que falo. Sou mineira e creio que sabem o que estou falando. Muitos já estão até me imitando que sei e perguntando se um queijo rolar morro abaixo, o que eu faria. É lógico que correria atrás, não pode desperdiçar comida – hehe.
Agora muitas vezes somos de famílias que não deram em nada, cidades de pessoas que não são de boa índole – para dourar um pouco a palavra certa. Ou falam que você mora no bairro tal e as pessoas perguntam: E pode sair algo bom de lá?
Quando Jesus começou a se revelar e chamar seus discípulos, tem uma parte que me chama muita atenção. Quando Filipe chama a Natanael para conhecer a Jesus, que ele crê que é quem Moisés escreveu sobre, ele já rebate: “Pode vir alguma coisa boa de Nazaré?” E Filipe responde: “Vem e vê”.
Pelo jeito a cidade de Jesus não era bem vista aos olhos humanos, mas Deus quer novamente mostrar que é Ele quem faz acontecer.
Sim de Nazaré pode sair o melhor do mundo – Jesus. Ele que teve na sua linhagem humana até prostituta, ou melhor EX-prostituta. E se fosse pela linhagem que Ele descendeu, alguém poderia perguntar: Pode vir alguma coisa boa dessa família? Sim! Aquele que trouxe a salvação aos povos.
Veja agora a sua vida, sua cidade, sua família, o bairro onde mora, escola que estuda e me diga: Pode vir alguma coisa boa? Ou você está há tempos na igreja, não se achou ainda e o povo pode perguntar: ele vai dar em alguma coisa?
Eu te digo que se você deixar Deus agir na sua vida totalmente, dirão: Vem e vê. Eu creio que eu posso falar isso de você. Isso depende da sua decisão hoje. O que você quer? Como você quer ser lembrado?
Esqueça o que se passou, e se alguém perguntar: O que vai ser de você? Responda com convicção: Vem e vê. Deus é maior.
Posso ouvir um amém?

quinta-feira, 12 de maio de 2011

Você sabe como Deus age?

Engraçado quando a gente vê o livro de Jó, que era um homem que conhecia a DEUS, justo, fiel, que teve sua vida provada e aprovada. Mas depois de longa “conversa” com DEUS, ele termina falando a famosa frase: “Antes te conhecia só de ouvir, mas agora meus olhos te vêem.”
Foi isso que senti novamente ontem no culto. Não queria muito no blog falar sobre a vida particular, mas de uma maneira geral. Mas ontem, o modo que DEUS agiu, não pode passar em branco.
Imagina um culto de quarta-feira. Sabemos que não é o “culto principal”se é que temos um mais ou menos. Mas sempre esperamos algo diferente e grandioso acontecer no culto de domingo, ou no máximo no culto de jovens. Mas precisamos pensar que DEUS não é um DEUS que age conforme a gente acha necessário. Ele age, e só. Até quanto nós acreditamos nisso? Você crê que Ele continua agindo?
Agora imagine um jovem que é convidado para ir a um culto de quarta-feira, recebe a Palavra, atende ao apelo, chora e se entrega a DEUS. Depois de algumas semanas, convida seu grupo de amigos jovens, bonitos, meninos e meninas... + ou - 15 pessoas. Chegam de moto, carro, escolhem um lugar, sentam... Ouvem a Palavra, e na hora do apelo, simplesmente se levantam e vão à frente. Choram e escrevem que querem uma vida com DEUS. Assim, apenas assim.
Um culto de quarta, enche de jovens que nunca foram à igreja, levantam e aceitam a Jesus  - sem entrar em questões teológicas, porque depois disso não é hora de discutir essa parte.
Depois disso tudo, o que pensar? Realmente eu creio que DEUS age? Se eu creio, eu sei realmente como DEUS age? Não, não sabemos como DEUS age. Ele age, e só. Temos é que estar prontos para a hora Dele e continuar firmes.
Porque um dia, será na sua igreja que entrará um grupo de jovens, bonitos, normais aos padrões humanos. Você ou o pastor irá expor a Palavra a eles e, simplesmente, levantarão e dirão sim.
Você está preparado pra isso? Eu não estava, mas agora estou.

“Sai de tua tenda, Oh filho meu, e te mostrarei as estrelas do céu
Sai da tua tenda, Oh filho meu, e te mostrarei a areia do mar
Será que podes contar, Será que podes imaginar
Tudo aquilo que sonhei para ti, filho meu
O que minhas mãos fizeram para ti, filho meu
Minha benção será sobre ti

Uma nova história Deus tem pra mim
Um novo tempo Deus tem pra mim
De tudo aquilo que perdido foi
Ouvirei de Tua boca  Te abençoarei”

terça-feira, 3 de maio de 2011

Quando tudo dá errado

Quando tudo parece dar errado. Dói o dente, baixa a resistência, seu salário vem alterado pra baixo, a bateria do seu carro descarrega, tudo parece acontecer no seu trabalho, você se sente sozinho... A única coisa que pensamos é: e aí, Deus? Quando vou ter um pouco de paz? Fala comigo aquilo que eu preciso ouvir !
Foi o que aconteceu com Silas e Paulo na prisão: pregando a Palavra, mas foram presos. Ou Estevão que foi apedrejado em praça pública porque servia ao Senhor. Ou João Batista que falou aquilo que era certo e mandaram decapitar. Ou quando Deus mandou o profeta ungir Davi como rei e por isso foi jurado de morte por Saul. Davi nem foi pedir pra ser rei.
Como reagir a tudo isso?
Paulo e Silas adoraram a Deus e as correntes caíram. Estevão perdoou seus inimigos e viu o céu aberto e a glória de Deus. João Batista, mesmo sabendo do que poderia lhe ocorrer, não cessou de falar a verdade porque confiava no seu Deus. Davi foi um homem segundo o coração de Deus.
E agora? Como reagir a tudo isso?
A segredo é adorar e se entregar a Deus.
“Quando o Senhor trouxe os cativos de volta a Sião, foi como um sonho.
Então a nossa boca se encheu-se de riso, e a nossa língua de cantos de alegrias..
Sim, coisas grandiosas fez o Senhor por nós, por isso estamos alegres.”
Salmo 126 1-3
Sim, não pensar nas circunstâncias da vida, mas ver que Deus é maravilhoso e faz infinitamente mais do que pedimos ou pensamos. Sim, é glorificar sabendo que a nossa luta em Deus não é vã. Sim, é olhar pra frente e saber que nada sai do controle de Deus. Sim, é ter a certeza dias melhores virão porque é um Deus que age e ama seus filhos. Sim, é ter uma paz que excede todo o entendimento do mundo. Sim, quando tudo está errado é dizer que coisas grandiosas fez o Senhor por nós, por isso estamos alegres.
Eu não sei o que passa na sua vida, na sua casa. Mas eu sei o que se passa na minha. E uma coisa eu te dou a certeza: confiar em Deus dá paz verdadeira e inimaginável. Se você não está com essa paz, é porque você não está confiando Nele.
Eu decidi adorar, me alegrar e confiar.
 E você? Qual a sua decisão?

Deus, tu és extremamente especial
Tua vida em mim me faz viver em paz
O teu amor é tudo o que alguém pode desejar
É paz, é graça e vida
Alegria incontida
Quão incontáveis são os teus cuidados por mim
Em meio ao fogo eu não temerei
Na angústia eu te buscarei
Na tempestade em teus braços estarei, Jesus
Nada pode acontecer a mim
Que não resolvas enfim
Nesta certeza nada então eu temerei.
Tu és meu refúgio e proteção
Sei que estou seguro em tuas mãos
Contigo para sempre estarei
E em teus braços descansarei”
Não temerei – Comunidade da Graça de Ubatuba

Nesta certeza nada então eu temerei, eu não temerei...

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Ansiedade X Fé

Ansiedade é o mal do século. Com isso temos depressão, desenvolvemos câncer, pessoas acabam com sua própria vida, casamentos são destruídos,  filhos ficam rebeldes, tudo isso porque não aprendem a confiar.
Ansiedade, pelo dicionário, é sofrimento de quem espera o que é certo vir; impaciência. Ansiedade devia ser um sofrimento de quem não tem Deus. Nós que somos salvos, não devemos sofrer desse mal. O que pode ser maior do que o nosso Deus? Eu sei que alguém falando de fora é fácil, mas estou escrevendo isso depois de orar durante um mês sobre uma coisa e hoje a resposta ser contrária do que eu pedi. E agora? Confiar ou não?
O contrário da ansiedade é Fé - Hb 11.1 – Fé é CERTEZA das coisas que se esperam, CONVICÇÃO DE FATOS QUE NÃO SE VÊEM.
Agora está na hora de aprender a confiar mais em Deus. Muitos acham que é caminhar no escuro, mas não. É caminhar sabendo que alguém está na sua frente, mas que mostra um passo de cada vez. Mesmo em lutas, mesmo na trevas, ou mesmo na luz, Deus é quem dá o passo e nos mostra o caminho.
Como diz a música do nosso irmão Marquinhos Gomes
“Pise nas águas sem temer, coloque sua fé em ação. Mesmo se você naufragar Ele te entende a mão. Vem sobre as águas caminhar, sempre olhando para o Pai
Você vai conseguir chegar com Jesus”